O Programa de Aproximação à Dança — PAD — tem como objetivo criar e desenvolver projetos de mediação, que enriquecem a missão da Companhia Nacional de Bailado, reunindo um conjunto de propostas que incentivam a aproximação entre artistas, criadores, obras, espaços e públicos, promovendo uma participação ativa e critica na área da dança. 

As atividades do PAD integram múltiplas dimensões, da Cultura à Educação, do pensamento crítico à responsabilidade social, e sempre na perspetiva de um trabalho contínuo entre a CNB e a sociedade civil.


AULAS PÚBLICAS

A aula de dança clássica é o primeiro momento do dia de trabalho de uma companhia de repertório como a CNB. É na aula que os bailarinos se preparam para ensaios e espetáculos. Depois do sucesso desta iniciativa em julho de 2020, continuamos a convidar o público a assistir a um momento do dia dos bailarinos ao qual normalmente não existe acesso.

Saber mais


ENSAIOS ABERTOS

O ensaio é o espaço de experimentação, criação e preparação de um espetáculo.
É um momento de grande intimidade entre coreógrafo/ensaiador e os bailarinos e onde se criam os espetáculos que levamos a cena. 

Desafiamos o público a conhecer os processos de trabalho que estão por detrás do desenvolvimento da criação artística da CNB.

Saber mais


VAMOS FALAR DE DANÇA

Conversas pré-espetáculo

A convite da Companhia Nacional de Bailado, a jornalista Cristina Peres, ao longo do ano 2021, irá moderar conversas pré-espetáculo. Estas conversas com o público contam com a presença de diferentes convidados e promovem momentos de discussão de temas e de expectativas suscitados pela curiosidade do espetáculo a que se vai assistir.

Saber mais


EM TERMOS DA DANÇA

Criação, transmissão e pensamento

Curso Teórico

A dança é uma arte de criação do movimento. Isto é, coreógrafos e bailarinos usam o movimento do corpo para se relacionar com o mundo e representar as suas experiências. A dança é também uma arte da transmissão do movimento, sendo este o processo pelo qual se assegura a interpretação, a persistência e a circulação da obra coreográfica. A dança é ainda uma arte do pensamento, de ideias pelas quais o artista sustenta a sua visão do mundo e da atividade artística. Criação, transmissão e pensamento são, na arte da dança, indissociáveis. Tendo por referência e ponto de partida os espetáculos apresentados pela Companhia Nacional de Bailado ao longo do ano, mas não nos restringido apenas a eles, o nosso objetivo é compreender, por um lado, a forma como estas três dimensões da dança — criação, transmissão e pensamento — são modeladas por fatores históricos, socioculturais e políticos; e, por outro lado, o modo como num espetáculo o movimento do corpo se articula de forma significativa com outros elementos — sonoros, plásticos, texto. A par das sessões teóricas, teremos a oportunidade de ver os artistas desta companhia a trabalhar ao vivo, no estúdio ou no palco, promovendo a experiência da copresença física do bailarino e espetador pela qual as funções poética e comunicativa da dança teatral se cumprem.

Maria José Fazenda

Dezembro 2020

Saber mais


OUTRAS DANÇAS

Outra Danças é uma coleção digital da CNB que reúne diferentes series com testemunhos sobre obras apresentadas pela Companhia, criadores e intérpretes.

Lançada em 2018, Outras Danças é inspirada no titulo da obra Other Dances (1976) de Jerome Robbins (1918–1998), sendo esta uma homenagem da CNB ao coreógrafo por ocasião do centenário do seu nascimento.

Saber mais


CLUBE SOMOS TODOS ESPECTADORES

O Clube Somos Todos Espectadores é um projeto de mediação de públicos que nasceu a partir do projeto Primeira Vez da autoria de Ana Pereira e Nádia Sales.

Este projeto propõe experiências culturais diversificadas aos participantes do Clube (sensivelmente 30 pessoas), que podem ir das artes do espetáculo, à música, ao cinema, às artes visuais e plásticas, ao património ou ainda a visitas guiadas.

Ao longo de 2021 o Clube marcará presença em diferentes atividades da CNB, desde espetáculos às aulas e ensaios abertos.

Informações

primeiravez@primeiravez.pt 

http://www.primeiravez.pt


EGS – ENSAIO GERAL SOLIDÁRIO

O Ensaio Geral Solidário — EGS — é uma iniciativa inédita da CNB iniciada em 2011 por Luís Moreira, ex-bailarino da Companhia, e que tem sido realizada praticamente em todos os ensaios gerais da CNB. Em cada espetáculo, apresentado no Teatro Camões, a CNB oferece o ensaio geral a quatro instituições de solidariedade social proporcionando não só um momento de união entre os públicos e as causas sociais como as condições necessárias à angariação de fundos que ajudem as instituições a alcançar os seus objetivos.

A ligação da cultura à solidariedade, a mobilização da sociedade civil em torno de causas sociais e os resultados obtidos nos últimos anos dão-nos a certeza que este é um projeto que faz sentido continuar a desenvolver. Ao longo de oito anos, apoiámos mais de uma centena de instituições que têm escolhido a CNB para sua companhia nas causas solidárias em torno da dança.

  • 3 de Dezembro – Programa Alice no País das Maravilhas de Howard Quintero

Saber mais