Biografia

Ana Lacerda é bailarina Principal da Companhia Nacional de Bailado. Integrou o elenco da Companhia em 1988, tendo sido promovida a Principal em 1995.

Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos de dança aos cinco anos de idade. Frequentou a Escola do Centro de Formação Profissional da Companhia Nacional de Bailado do Teatro Nacional de São Carlos. 
Aponta como principais mestres para a sua formação Armando Jorge, Violette Quenolle, Barbara Gray, Maria Luisa Carles, Maria Palmeirim, João Miranda, Vladimir Petrunine, Eric e Maya Volodine, Georges Garcia, Lynn Wallis e Patricia Neary.
Teve como partenaires convidados, bailarinos como Carlos Acosta, Alen Bottaini, Filip Barankiewicz e Romel Fromenta.
Teve a possibilidade de executar os figurinos de vários bailados em Estúdios Coreográficos da própria CNB e respectivas Galas.
Neste momento dedica-se a dar Coaching aos bailarinos da CNB. 

Ana Lacerda dançou a maior parte do repertório apresentado pela Companhia Nacional de Bailado.
Fazem parte do seu reportório como bailarina Solista e Principal obras como La Fille Mal Gardée (Georges Garcia), A Sagração da Primavera (Vaslav Nijinsky), Festival das Flores e Napoli (August Bournonville), Sonho de Uma Noite de Verão (Gray Veredon; Armando Jorge; Heinz Spoerli), O Quebra-Nozes (Armando Jorge; Mehmet Balkan), Concerto (Kenneth MacMillan), D. Quixote (Maya e Eric Volodine; Mehmet Balkan), A Bela Adormecida (Ted Bransen), Coppélia (John Auld), Cinderela (Michael Corder), Romeu e Julieta (John Cranko), Giselle (Georges Garcia), Paquita, Bayadère, O Lago dos Cisnes, Raymonda (Armando Jorge), Les Sylphides e A Morte do Cisne (Mikhail Fokine), Ever Near Ever Far (Hienz Spoerli), A Dama das Camélias, O Lago dos Cisnes, Bach a L´Oriental, Corsário (Mehmet Balkan), Pedro e Inês, Isolda (Olga Roriz), Tema e Variações, Quatro Temperamentos, Agon, Apollo, Serenade, Who Cares? (George Balanchine), Without Words (Nacho Duato), Adagietto (Renato Zanella), Gestos de Filigrana, Lento para Quarteto de Cordas (Vasco Wellenkamp), In The Middle Somewhat Elevated, Artifact II (William Forsythe), Bomtempo, Present Tense, Cantoluso (David Fielding), DeSete, Llanto, Intacto, Dançares, Savalliana, Cantoluso, Remain (Rui Lopes Graça), 5 Tangos (Hans Van Manen), Four Reasons (Edward Clug), entre outros.

Participou em diversas Galas Internacionais e como artista convidada, nomeadamente na Alemanha, em Itália, Moscovo, Espanha, França, Holanda e Praga. Participou no Festival de Miami, nas edições I, II, III e IV das Galas Internacionais de Bailado da CNB em Portugal e no Festival de Bangkok.

A sua versatilidade artística mereceu-lhe menções de destaque pelas suas interpretações de papéis tanto de carácter clássico como moderno: nomeação para os Prémios Bordalo em 2000; Prémio de Excelência atribuído pela Direcção da Associação dos Amigos da CNB para a ‘Melhor Bailarina do Ano’ em 2003; em 2005/2006 foi convidada a representar a NIKE em Portugal; a 13 de Fevereiro de 2006 foi agraciada por Sua Excelência o Presidente da República Dr. Jorge Sampaio com a Comenda da Ordem do Mérito no Palácio de Belém. Em Abril de 2009 recebe, pelas mãos dos Amigos da Dança, o Prémio Carreira, por ser o ano em que fez 20 anos de carreira e pela sua interpretação no Lago dos Cisnes. Em Junho de 2009 recebe o Prémio de melhor bailarina na área de dança clássica no I Festival Prémios da Dança realizado em Portugal.

Videos