Sinopse

Integrando a programação da Temporada Cruzada Portugal-França 2022, a Companhia Nacional de Bailado apresenta em Paris duas obras de dois criadores portugueses, Tânia Carvalho e Marco da Silva Ferreira.

S, de Tânia Carvalho e Corpos de Baile, de Marco da Silva Ferreira, são duas obras criadas para o elenco da CNB em 2018 e 2020, respetivamente, e que se apresentam agora em conjunto em Paris.

Em S, Tânia Carvalho combina vários estilos e símbolos num todo contrastante e harmonioso. Com Corpos de Baile, Marco da Silva Ferreira dá forma a uma intensa constelação caótica na qual, sob as pulsações hipnóticas da notável percussionista Valentina Magaletti, todo o poder de elevação do corpo humano – e do corpo colectivo – se afirma.


S

Em S podemos ver uma mistura de símbolos. Um contraste de formas. Um mesclado de estilos. Não de forma acutilante, mas aprazível, para que os contrastes entrem em harmonia.


CORPOS DE BAILE

Uma faísca percorre um rastilho até desaparecer ao fundo.
Um percussionista segura as baquetas como se de um maestro se tratasse.
Um bailarino fricciona a borracha dos ténis no linóleo.
O chiar agudo acompanha o cheiro a queimado, o aquecimento do bailarino e o controlo do músico.
Ready, Set, Go!

Uma massa dançante evoca a imagem de Corpos de Baile que, não sendo aleatória, procura levantar o caos para se poder redefinir. Destroem-se e reconstroem-se momentos efémeros de encontro através da dança que são catalisadores de fenómenos. Aqui esses fenómenos são omitidos e destaca-se a mestria do corpo, do seu potencial de plasticidade e de formação de um coletivo de resiliência associado a juventude, minoria, rebeldia e utopia.

A composição coreográfica é acompanhada pela maestria rítmica de Valentina Magaletti, que ora soa a techno minimal ora soa a mantra.

Ficha Técnica

S
Tânia CarvalhoCoreografia e Figurinos
Diogo Alvim Música
Mafalda Oliveira e Tânia Carvalho Desenho de luz
Rui Vasconcelos Desenho de tela
Companhia Nacional de Bailado Produção
Lisboa, Teatro Camões, 22 de fevereiro de 2018 Estreia absoluta
Corpos de Baile
Marco da Silva Ferreira Direção artística e Coreografia
Catarina Miranda Assistente da direção artística
Valentina Magaletti Música original
Aleksandar Protic Figurinos
Emanuel Santos Cenografia
Wilma Moutinho Desenho de luz
Companhia Nacional de Bailado Produção
Teatro Municipal do Porto Coprodução
ICI — Centre Chorégraphique National Montpellier – Occitanie Centre Chorégraphique National de Caen en Normandie Apoio à residência artística
Faro, Teatro das Figuras, 14 de novembro de 2020 Estreia Absoluta

Elencos

Bailarinos e Bailarinas da CNBInterpretação